Uma verdadeira festa da música e da bola. Integrantes da banda Skank e a turma da rádio 98 FM realizaram na noite desta segunda-feira (22) a tradicional partida de futebol beneficente, que já virou tradição em Belo Horizonte. 
 
Empolgados, os jogadores classificaram o jogo como mais importante que a decisão histórica da Copa do Brasil, ente Cruzeiro e Atlético. Apesar da rivalidade dentro das quatro linhas, o clássico desta segunda terminou empatado em 4 a 4. 
 
Dois ouvintes da rádio foram sorteados e também entraram em campo. Dezenas de torcedores levaram um quilo de alimento não perecível e assistiram ao duelo. Tudo que foi arrecadado será doado a uma ONG.
 
Para o diretor da rádio 98 FM, Rodrigo Carneiro, o mais importante da tradicional confraternização é a possibilidade de tornar melhor o Natal de muitos carentes. "Nosso slogan é 'a sua rádio do bem'. Seguindo bem essa ideia, a 98 vem fazendo este jogo com o Skank todo fim de ano. É uma grande festa com o propósito de ajudar as pessoas. O Skank e a 98 FM sempre estiveram lado a lado desde o início. Nós fomos uma das primeiras rádios a tocar Skank", diz.
 
Vocalista da banda mineira e um grande apaixonado por futebol, Samuel era um dos mais animados. "Nós tradicionalmente gostamos muito de futebol, temos nosso time e jogamos sempre que podemos, até mesmo fora de BH. Jogar futebol e poder ajudar as pessoas fica melhor ainda", disse o músico.