Os duplistas brasileiros se deram bem nesta quarta-feira (9) no Masters 1000 de Xangai, disputado em quadras duras. Bruno Soares, em parceria com o croata Mate Pavic, avançou às quartas de final com o segundo triunfo no evento chinês, enquanto Marcelo Melo, ao lado do polonês Lukasz Kubot, venceu na estreia e se garantiu nas oitavas.

Soares e Pavic derrotaram o francês Banoit Pare e o polonês Hubert Hurkacs por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5. Em busca de uma vaga nas semifinais, agora eles terão pela frente os colombianos Juan Cabral e Robert Farah, que compõem a dupla cabeça de chave número 1 do evento.

Melo e Kubot, por sua vez, derrotaram croata Borna Coric e o chinês Runhao Hua por 6/4 e 7/5. Eles são os atuais campeões do evento chinês e nas oitavas de final vão encarar o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov.

"Jogamos bem. Foi um jogo muito estranho, pois estávamos ganhando de 5 a 1 no segundo set e eles acabaram buscando dois breaks. Conseguimos quebrar depois e fechar no meu saque. Estava tudo sob controle, eles começaram de repente a jogar muito bem. Mas, como sempre falamos, é uma estreia, chegamos de última hora. Pelas condições foi muito bom. E agora é melhorar para a próxima rodada. Temos um jogo duro diante do Bopanna e do Shapovalov", explicou Melo.

SIMPLES - Atual campeão do Masters 1000 de Xangai, o sérvio Novak Djokovic começou a busca pelo seu quinto título do evento chinês com uma fácil vitória sobre Shapovalov, 36º colocado do ranking, por duplo 6/3, derrotando o tenista do Canadá pela terceira vez em 2019. Nas oitavas de final, o número 1 do mundo vai enfrentar o norte-americano John Isner, que passou pelo francês Lucas Pouille por 7/5 e 6/3.

Número 6 do ranking, o alemão Alexander Zverev derrotou em dois tie-breaks -7/6 (15/13) e 7/6 (7/3) - o francês Jeremy Chardy (71º). Nas oitavas de final, seu oponente vai ser o russo Andrey Rublev (33º), que fez 6/2 e 6/0 no australiano John Millman pelo placar de 6/2 6/0.

Os outros seis jogos das oitavas de final do evento chinês estão definidos e serão: Hubert Hurkacz (Polônia) x Stefanos Tsitsipas (Grécia), Daniil Medvdev (Rússia) x Vasek Pospisil (Canadá), Fabio Fognini (Itália) x Karen Khachanov (Rússia), Roberto Bautista Agut (Espanha) x Matteo Berrettini (Itália), Nikoloz Basilashvili (Geórgia) x Dominic Thiem (Áustria) e David Goffin (Bélgica) x Roger Federer (Suíça).

Leia mais: