"Todo grande time começa com um grande goleiro". A máxima do futebol é provada a cada partida - seja ela decisiva ou não. Neste 26 de abril, dia do goleiro, o Hoje em Dia selecionou importantes arqueiros que fazem ou já fizeram história no futebol brasileiro.

A data, segundo o Guia dos Curiosos, foi escolhida em homenagem ao ex-goleiro Manga, nascido neste mesmo dia, em 1937 e considerado um dos melhores da história. 

 

 

FÁBIO

Aos 35 anos, o goleiro é um dos ídolos da torcida do Cruzeiro. Fábio já fez mais de 680 jogos com a camisa azul e se tornou o atleta que mais jogou pelo clube que defende, regularmente, desde 2005. O goleiro coleciona bons momentos e grandes defesas, mas já passou por períodos de provação com a camisa celeste. Considerado um dos maiores jogadores da história do clube, Fábio conquistou alguns títulos marcantes pelo Cruzeiro, como o bicampeonato brasileiro. 

 

 

VICTOR

No Atlético desde 2012, “São Victor”, como é chamado pela torcida, é considerado um dos protagonistas do título da Libertadores, em 2013. Desde sua chegada ao clube alvinegro, o goleiro tem vivido um grande momento, marcado por grandes defesas em momentos decisivos e muita regularidade. Aos 33 anos e há quatro no Atlético, Victor já acumula cinco títulos com a camisa preta e branca, incluindo o importante título da Copa do Brasil de 2014.

 

 

RAUL

Ídolo do Cruzeiro nos anos 60 e 70, Raul é muito lembrado pela famosa camisa amarela, que usou pela primeira vez em 1965. O ex-goleiro defendeu o clube por X anos seguidos e, neesse período, sua maior conquista com a camisa azul foi o título da Libertadores, em 1976. Raul foi, também, ídolo no Flamengo e consquistou o mundial com o clube em 1981. Atualmente, aos 71 anos, Raul compõe a comissão técnica do Cruzeiro como Observador Técnico. 

 

 

MILAGRES

O ex-goleiro foi o atleta com mais partidas pelo América, com 361 jogos, entre 1991 e 2001. Com grandes atuações em momentos decisivos, pelo coelho, Milagres conquistou cinco títulos, sendo três como jogador (Campeonato Mineiro de 1993, Campeonato Brasileiro da Série B em 1997 e Copa Sul-Minas em 2000) e dois como treinador das categorias de base. O jogador teve também uma breve passagem pelo Atlético de 2001 a 2002.  

 

TAFARELL

Considerado o melhor goleiro da história da Seleção Brasileira, Taffarel é também muito lembrado pelo bordão “Sai que é sua, Taffarel”, lançado pelo narrador Galvão Bueno. O ex-jogador chegou ao Atlético em 1995, onde ficou até 1998 e conquistou três títulos. Taffarel é o quarto goleiro que mais atuou pelo clube, tendo feito 191 partidas com a camisa preta e branca. Atualmente, o ex-jogador atua como preparador de goleiros da seleção brasileira principal.

 

 

ROGÉRIO CENI

O jogador com maior número de jogos por um mesmo clube, maior goleiro-artilheiro, recordista de títulos pelo São Paulo, mais vezes capitão. A trajetória de Rogério Ceni no futebol é lendária. Ceni disputou 1.237 partidas com a camisa do São Paulo: foram 131 gols na carreira, vestiu a braçadeira de capitão por 978 vezes, é recordista de jogos no Brasileirão (575), maior número de vitórias no Brasileirão (279), jogador brasileiro com mais jogos na Libertadores (90), maior número de vitórias na Libertadores (51), mais participações na Libertadores (9) e goleiro com maior número de assistências (7).

 

 

* Colaborou Mariana Durães