Após nove vitórias consecutivas, o Internacional acumula dois tropeços seguidos e, com isso, tem a liderança do Brasileirão ameaçada. Embora ainda vá terminar a 35ª rodada na ponta, o Colorado viu a diferença em relação ao vice Flamengo diminuir para um ponto (66 a 65), por conta do empate sem gols com o Athletico-PR, na quinta-feira passada (4), e pelo surpreendente revés que sofreu na noite desta quarta (10), para o Sport, por 2 a 1, em pleno Beira-Rio.

Quem também pode se aproveitar disso é o Atlético, terceiro colocado, com 60 e que enfrenta o Fluminense, às 21h30, no Maracanã. Se ganhar, o Galo vai a 63 e acirra ainda mais a briga pelo título, restando três jornadas.

Nesta quarta, no Beira-Rio, o Inter teve Uendel expulso aos 25 minutos do primeiro tempo. A situação piorou quando Marcão Silva abriu o placar para o Sport, aos 37. Patrick chegou a empatar aos 40, mas Dalberto, aos 49, recolocou o Leão em vantagem.

Na segunda etapa, o Sport quase aumentou a contagem, com Thiago Neves, porém o meia parou no travessão. E ficou nisso. Com o triunfo, o time pernambucano foi a 41 pontos, quatro a mais que o Vasco, clube que abre a zona do rebaixamento e próximo adversário do Inter, no domingo (14), às 16h, em São Januário.

Inter