O atacante Luis Suárez revelou que o amigo Neymar queria "fazer de tudo" para voltar ao Barcelona, time de onde saiu para defender o Paris Saint-Germain em 2017. O jogador uruguaio disse ter conversado com o atacante brasileiro em um grupo de Whatsapp, que conta também com a presença de Lionel Messi.

"Neymar decidiu que sair [do PSG] era o melhor para ele. E a decisão dele era fazer de tudo para voltar", disse Suárez, em entrevista ao canal Fox Sports da Argentina. Ele não revelou maiores detalhes sobre a conversa com o seu ex-companheiro de time. Mas deu a entender que o assunto de sua transferência vinha sendo pouco abordado no grupo.

"Neste grupo, ultimamente não conversávamos muito. Recentemente, voltamos a conversar, agora que está tudo tranquilo. Sabemos o que estava acontecendo, o momento era complicado. E, por tudo o que estava vivendo o Neymar, respeitamos o seu espaço e o seu tempo", declarou o atacante do Barcelona.

O brasileiro pretendia deixar o PSG nesta última janela de transferências da Europa, finalizada na noite de segunda-feira. Ele chegou a ser cotado para reforçar o Real Madrid e a Juventus. E teve negociação prolongada com o Barcelona, para um possível retorno, o que não foi concretizado.

Por conta das negociações, ele ainda não estreou na nova temporada europeia, por decisão do técnico Thomas Tuchel. Com o fim da janela e a permanência do jogador no clube de Paris, Neymar deve enfim ganhar seus primeiros minutos em campo no fim de semana, na partida contra o Strasbourg, no sábado, pela quinta rodada do Campeonato Francês.

Leia mais:
Diretor do Barcelona revela que não há nada acertado para tirar Neymar do PSG
Técnico do Barcelona se diz cansado do tema Neymar: 'Que chegue o fim do mercado'