O Fluminense acabou amargando um empate por 3 a 3 com o Madureira, na tarde de quinta-feira (11), em Macaé, ao sofrer um gol aos 44 minutos do segundo tempo. E ninguém pode lamentar mais o resultado do que Fred, pois foram do atacante os três gols da equipe tricolor, pela qual ele voltou a registrar um feito histórico com a camisa do clube.

Ao balançar as redes por três vezes, Fred se tornou o terceiro maior artilheiro da história do Fluminense, com 167 gols. Na semana passada, ele já havia se igualado a Telê Santana, quinto maior goleador do clube, com 164, e agora ultrapassou também Hércules, que fez 165 com a camisa tricolor.

Com a nova marca, Fred agora só está atrás de Waldo, goleador máximo da história do Flu, com 319 gols, e de Orlando Pingo de Ouro, que balançou as redes por 184 vezes. Ou seja, o capitão tricolor está a apenas 17 gols de se igualar a Orlando como segundo maior artilheiro do clube em todos os tempos.

Fred já marcou seis gols em três partidas neste Campeonato Carioca e assim figura como artilheiro máximo da competição. Curiosamente, o atacante acabou sendo substituído no segundo tempo da partida em que fez três gols, nesta última quinta, e o técnico Eduardo Baptista disse que sacou o jogador para evitar que ele sofresse uma possível lesão.

"O campo estava muito pesado. Ele já tinha feito três gols. Ia tirar o Daniel, e eu já não tinha outro volante no campo. Por isso, coloquei o Douglas. Não queria arriscar perder o Fred por lesão. Ele já tinha reclamado (de dor muscular)", afirmou o treinador.