Na estreia do Atlético no Campeonato Brasileiro, derrotando o Santos por 1 a 0, no Independência, o atacante Clayton substituiu o lesionado Robinho. Na próxima quarta-feira (18), no jogo de volta das quartas de final da Libertadores, contra o São Paulo, a expectativa é a de que os papéis se invertam. Não se depender da vontade do titular deste sábado (14).

Embora tenha feito uma das melhores partidas desde que chegou ao Atlético, em março, Clayton deve ser apenas opção de banco de Aguirre na quarta. Tudo, porém, depende das condições físicas do "Rei das Pedaladas".

Ameaça

Durante uma disputa de bola com o zagueiro do Santos David Braz, Clayton acabou torcendo o tornozelo. As travas da chuteira de Braz também ficaram cravadas na perna do jogador atleticano. Quem viu, ficou apreensivo. Apesar da preocupação, o atacante não tem dúvidas de que estará apto a encarar o Tricolor, caso seja acionado. Ele, inclusive, tranquilizou os torcedores: “Com um ou dois dias de tratamento eu estarei pronto novamente”, garantiu.