O camisa 9 do Atlético foi pouco visto na noite desta quarta-feira (11) em Buenos Aires. Artilheiro da equipe na temporada, com nove gols, Ricardo Oliveira praticamente não encostou na bola na derrota do Galo contra o San Lorenzo, por 1 a 0.

Reflexo do que foi o Galo na criação de jogadas, numa atuação apagada. O jogador, um dos mais experientes da equipe, deixou o gramado de jogo na estreia do Galo na Sula elogiando a postura no primeiro tempo, com posse de bola, mas apontou erros da equipe, como a preciptação na armação de jogadas.

"A gente não conseguiu o nosso gol, em criar situações de gol. Primeiro tempo tivemos boas movimentações, ficamos com a bola, mas nos preciptamos algumas vezes, tentando chutar de muito longe. Não conseguimos fazer o jogo que estamos acostumados a fazer, a posse de bola, movimentação, explorar o lado de campo". 

Tudo num discurso que haverá reflexão da equipe de Thiago Larghi nesta segunda derrota seguida no ano. 

"Precisamos refletir sobre esse jogo e nos preparar para  a estreia no Brasileirão"