O Operário-PR vive um surto de Covid-19 na reta final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B. Para o duelo com o Cruzeiro, nesta terça-feira (20), no estádio Germano Krüger, o time paranaense não pôde contar com oito jogadores que testaram positivo para a doença.

Antes do jogo, o zagueiro Reniê, os volantes Jiménez e Mazinho, o meia Cristhian Aguada e o atacante Schumacher foram diagnosticados com o coronavírus, e se juntaram a o volante Fábio e aos meias Rafael Chorão e Tomas Bastos, que já tinham o diagnóstico da Covid-19 há mais tempo.

Recentemente, o goleiro Rodrigo Viana também teve coronavírus, sendo liberado para o retorno às atividades nos últimos dias.

Com as baixas de última hora, o técnico Gérson Gusmão pôde relacionar apenas sete, dos 12 jogadores que poderia contar no banco de reservas.

No caso da Raposa, o desfalque por conta da doença fica por conta do zagueiro Manoel, que testou positivo para a enfermidade nesta semana.