Se o técnico Luiz Zanon era criticado por não acompanhar in loco os jogos da Liga de Basquete Feminino (LBF), o novo treinador da seleção brasileira, Antonio Carlos Barbosa, tem postura diferente. O veterano tem viajado para assistir às partidas da competição, que conta com apenas seis clubes, dos quais dois só sabem perder.

De acordo com a assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), o próximo jogo que Barbosa assistirá será entre Presidente Venceslau e Maranhão Basquete. Curiosamente, essa será uma das três únicas partidas com transmissão pela TV - canal SporTV. Às demais ele só poderia assistir in loco. O Presidente Venceslau é o último colocado e só perdeu até agora. O Maranhão Basquete vem em quarto, com apenas quatro vitórias.

"Começamos o mês de fevereiro acompanhando duas partidas em Recife (América-PE x Corinthians), mas já estamos agendados com jogos nas cidades de Presidente Venceslau (SP) e São Luís (MA). É muito importante estarmos presentes nesses jogos para avaliarmos as jogadoras selecionáveis para defender o Brasil nos Jogos Olímpicos, além de demonstrar a seriedade que estamos encarando esse novo período de trabalho", analisou Barbosa.

Depois de acompanhar Presidente Venceslau x Maranhão Basquete no próximo dia 24, Barbosa e a coordenadora Adriana Santos viajam para acompanhar os dois jogos entre Sampaio Corrêa e América-PE, em São Luís.