Mesmo após flertarem com a aposentadoria da Seleção Feminina após os Jogos Olímpicos Rio 2016, as três principais jogadoras de futebol do Brasil continuam nos planos do técnico Vadão. A meia Formiga e as atacantes Marta e Cristiane estão entre as convocadas para um amistoso contra a França, no próximo dia 16 de setembro, em Grenoble.

As três jogadoras haviam comentado sobre a possível despedida com a amarelinha após a derrota para o Canadá, na disputa pela medalha de bronze. Enquanto Formiga cravou o adeus, Marta e Cristiane falaram em tom de despedida.

"É, né? (o último jogo) Só tenho que agradecer a todos os brasileiros pela torcida e pela força. Eu só peço que não desistam da gente, porque a gente jamais vai desistir. Todas as jogadoras que ficam vão continuar se empenhando. Eu, se de alguma maneira puder ajudar fora das quatro linhas, com certeza vou continuar dando a minha contribuição", declarou a jogadora de 38 anos.

Fora de duas partidas do torneio por conta de uma lesão, Cristiane admitiu a grande possibilidade de não disputar outra Olimpíada. "Talvez seja a minha última, e também de algumas das meninas. A gente queria ter fechado com chave de ouro", disse a atleta de 31 anos. "Provavelmente não", reforçou a maior artilheira da história dos Jogos quando questionada novamente sobre Tóquio (2020).

Marta, por sua vez, cobrou apoio às novas gerações. "Não sei, só o tempo dirá. Nosso primeiro objetivo era a medalha de ouro, não conseguimos, mas o esporte é assim. A gente espera que o carinho continue, porque a modalidade precisa muito. Peço ao povo brasileiro que não deixe de apoiar o futebol feminino", disse a jogadora de 30 anos, cinco vezes eleita melhor do mundo.

Sem novidades

Após a derrota para o Canadá, o próprio técnico Vadão já havia pedido que as jogadoras reconsiderassem. "Seria uma perda enorme. Pela experiência e por tudo que elas ainda podem fazer. Como o Brasil tem pouco apoio, a reposição é lenta, demorada. O trabalho é árduo quando você perde jogadoras de uma vez só. Espero que isso tenha sido dito no calor da partida, da desclassificação", afirmou.

A lista anunciada nesta segunda-feira (29) pelo treinador tem 20 nomes, com todas as 18 jogadoras que disputaram a Olimpíada mais a goleira Luciana e a zagueira Bruna Benites. Nos Jogos do Rio, o Brasil ficou com o quarto lugar, enquanto a França foi eliminada nas quartas de final. As duas equipes ocupam, respectivamente, o décimo e o terceiro lugar no ranking da Fifa.

Veja a lista completa

1 Bárbara - Goleira - Seleção Permanente da CBF
2 Fabiana - Lateral - Dalian Quanjian (China)
3 Mônica - Zagueira - Orlando City (EUA)
4 Rafaelle - Zagueira - Changchun (China)
5 Thaisa - Volante - Corinthians
6 Tamires - Lateral - Fortuna Hjorring (Dinamarca)
7 Beatriz - Atacante - Red Angels (Coréia do Sul)
8 Formiga - Meia - Seleção Permanente da CBF
9 Andressa Alves - Atacante - Barcelona (Espanha)
10 Marta - Meia - FC Rosengard (Suécia)
11 Cristiane - Atacante - PSG (França)
12 Aline - Goleira - Seleção Permanente da CBF
13 Poliana - Lateral - Houston Dash (EUA)
14 Érika - Zagueira - PSG (França)
15 Debinha - Atacante - Dalian Quanjian (China)
16 Andressinha - Meia - Houston Dash (EUA)
17 Thaís - Meia - Red Angels (Coréia Do Sul)
18 Raquel - Atacante - Changchun (China)
19 Darlene - Atacante - Changchun (China)
20 Camila - Lateral - Corinthians

Leia mais:
CBF anuncia amistoso da seleção feminina contra a França dia 16
Término de ciclo decreta fim de parcerias e histórias no esporte brasileiro
Marta evita falar de futuro na seleção e cobra calendário para futebol feminino