A ginasta brasileira Rebeca Andrade, de 22 anos, deu um show no Centro de Ginástica de Ariake, em Tóquio, na manhã deste domingo (25) e se classificou para três finais da modalidade nos Jogos Olímpicos. Rebeca estará na disputa de medalhas no individual geral, no solo e no salto. Além de Rebeca, Flávia Saraiva também continua na luta por medalhas ao garantir a vaga nas finais da trave.

Nas provas deste domingo, a ginasta teve melhor desempenho no individual geral, competição na qual terminou o dia na segunda posição – com 57,399 pontos – ficando atrás apenas da norte-americana Simone Biles – atual campeã olímpica da categoria. No salto, Receba garantiu a vaga nas finais ao garantir o terceiro lugar, com 15.100 pontos no somatório dos dois saltos. Já no solo, Rebeca obteve 14,066 pontos, ficou apenas um décimo atrás da italiana Vanessa Ferrari, que liderou o quesito.

 

Finais

A primeira chance de Rebeca Andrade conseguir medalhas será na quinta (29), a partir das 7h50, quando acontecem as provas da disputa do individual geral – quando as ginastas se apresentam em quatro aparelhos: trave, solo, salto e barras assimétricas. No domingo (1º), será a vez da disputa no salto e no dia seguinte, 2 de agosto, serão conhecidas as campeãs no solo.

Outra brasileira na disputa

Além de Rebeca Andrade, outra brasileira carimbou a vaga na disputa por medalhas na ginástica neste domingo. Flávia Saraiva conseguiu a vaga na final na trave, mas acabou torcendo o tornozelo direito durante a prova no solo e teve que abandonar as disputas seguintes. A ideia da atleta é buscar a recuperação física para participar da final da trave prevista para o dia 3 de agosto, às 5h48.

*Com informações da Agência Brasil