Diego Tardelli deu a volta por cima no Grêmio na noite desta quinta-feira, (25) ao abrir o placar na vitória por 2 a 0 sobre o Libertad, do Paraguai, em Porto Alegre, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Ao balançar as redes aos 26 minutos do segundo tempo, o atacante não escondeu a emoção durante a comemoração. Logo após a partida, Diego Tardelli desabafou e revelou que passou por um momento depressivo.

"Passei por um período turbulento. Muita gente não sabe o que aconteceu, aconteceram algumas coisas na minha vida particular, passei por um momento depressivo que não quis expor para ninguém. Sofri calado. Falaram que o grupo rachou quando cheguei, que não me dava com o Luan, com o Renato Gaúcho. Tudo mentira. Todo mundo me ajudou aqui", disse Tardelli.

Anunciado em fevereiro, o experiente atacante espera embalar com a camisa do Grêmio. Até aqui, foram apenas três gols em 19 jogos. Recentemente, Tardelli chegou a ter sua saída especulada porque estaria insatisfeito com o banco de reservas, mas garantiu a permanência após conversas com dirigentes e comissão técnica.

Na próxima quinta-feira, o Grêmio vai até o Paraguai podendo perder por até um gol de diferença para avançar às quartas de final da Libertadores. Pelo Campeonato Brasileiro, o time enfrentará o CSA, na segunda-feira, em Maceió, provavelmente com reservas.