Derrotado por 2 a 1 para o Fortaleza, nesse domingo (30), no Mineirão, na estreia no Campeonato Brasileiro, o Atlético muda o foco e passa a pensar na Copa do Brasil.

Nesta quarta, o Galo vai enfrentar o Remo, às 19h, no estádio Baenão, em Belém, no jogo de ida da terceira fase do torneio.

Titular do time comandado pelo técnico Cuca, o volante Tchê Tchê lamentou o revés no Brasileirão, mas já mira a reação diante do time paraense.  

“Claro que foi longe de ser um resultado que nós esperávamos para a estreia no Brasileiro, ainda mais sendo diante de nossos domínios, na nossa casa, no Mineirão. Mas acho que, infelizmente, isso vai acontecer, as derrotas vêm e bastam ver como vamos encará-las. Temos nova oportunidade, na quarta-feira, competição de tiro curto, por mais que acabe no fim do ano. Mas são poucos jogos para chegar até a final que almejamos. É ter inteligência para fazer bom jogo e trazê-lo para nossa casa depois”, disse o meio-campista.

Sem terra arrasada

Antes da derrota na estreia do Brasileirão, o Galo vinha de uma sequência de 12 jogos sem derrota. No período, o Alvinegro conquistou oito vitórias e quatro empates, que lhe renderam o título do Campeonato Mineiro e a melhor campanha da fase de grupos da Copa Libertadores.

Os bons resultados recentes fazem com que Tchê Tchê pregue cautela após o insucesso diante do Fortaleza.

“Não somos o melhor time quando vencemos, e muito menos um time que está tudo errado na hora da derrota. Temos boa oportunidade de demonstrar novamente bom futebol na partida de quarta, e vamos conversar bastante sobre isso, saber com a equipe do Remo jogo e ir preparado para esse jogo fora de casa, que será difícil”.

Depois do duelo em Belém, o Galo vai ao Recife enfrentar o Sport, no domingo, às 20h30, pela segunda rodada do Brasileirão.

O confronto de volta com o Remo será no dia 10 de junho, no Mineirão.