O caneco estadual do Atlético teve sabor especial para o dono do gol na era Jorge Sampaoli. No clube desde marcço, o goleiro Rafael comemorou neste domingo mais um título Mineiro para o currículo, mas com gostinho de 'primeira vez'.

Tricampeão (de forma consecutiva), já que havia dado a volta olímpica em 2018 e 2019 com a camisa do Cruzeiro, onde era reserva de Fábio, o arqueiro de 31 anos jamais havia sido campeão como titular. E foi no Galo que experimentou este prazer. Ao todo, agora ele tem sete títulos estaduais.

"Estou muito feliz, como todos os outros jogadores. Trabalhamos muito para isso e sabíamos da importância deste título. Muito bom comemorar este que foi o primeiro de muitos títulos pelo Galo. Dependemos disso no futebol. Seguimos em frente que temos muitas coisas boas para plantar e colher", destacou Rafael à TV Galo, após a conquista deste domingo (30).

Leia mais:
Autor do gol do título atleticano, Jair também deu pontapé na série invicta da reta final do Mineiro

"O título traz uma confiança muito grande e mostra que o trabalho está no caminho certo. Sabemos que é difícil demais ganhar no futebol, então temos que valorizar muito e usar desta conquista um estímulo maior ainda para seguir nosso caminho no Brasileirão", finalizou.

Nesta quinta-feira (3), o Atlético volta às atenções novamente para o Campeonato Brasileiro, quando encara o São Paulo, no Mineirão. Na quinta colocação, com nove pontos, o Galo terá pela frente o vice-líder, que tem um jogo a mais e 13 pontos ao todo.