O Atlético encerrou na manhã desta quarta-feira (5) a preparação para sua estreia na Copa Sul-Americana, e o discurso é de concentração máxima. O time alvinegro, que debuta na competição contra o Unión Santa Fé, nesta quinta (6), às 21h30, pela partida de ida da primeira fase, volta à Argentina quase cinco meses depois da derrota por 2 a 1 para o Colón, pela ida da semifinal da edição do ano passado.

O duelo de agora é diferente, obviamente, tanto pela circunstância, quanto o fato de o adversário ser outro. Mesmo assim, o zagueiro Réver salienta que aquele revés serviu de lição para o desafio da vez.

“Perdemos de virada (contra o Colón) fora de casa, algo que não é permitido numa competição (na partida de volta, o Galo devolveu o placar de 2 a 1, mas foi derrotado nos pênaltis). Que a gente não repita este erro. Temos que valorizar o peso da nossa camisa na competição”, afirma o capitão do Galo.

Atlético

O último trabalho aconteceu no Complexo Poliesportivo Bella Vista, pertencente ao Newell’s Old Boys, em Rosario. E, segundo Réver, o Atlético está mais do que preparado para sua primeira ‘decisão’ da temporada.

“O nível de concentração é alto, e o foco, total na Sul-Americana. O respeito é total ao adversário, também. Temos que saber que o duelo entre brasileiros e argentinos é sempre bom e pegado”, disse.

O Atlético chegará nesta tarde a Santa Fé, cidade onde será realizada a partida desta quinta e que fica a 175 km, aproximadamente, de Rosario.