O empate em 0 a 0 com o Náutico, nesse domingo (24), foi o último duelo do Cruzeiro como mandante nesta Série B.

Com o ponto somado, a Raposa encerra a campanha em casa com o fraco desempenho de 43,86%, resultado de seis vitórias, sete empates e seis derrotas.

Dos 57 pontos disputados sob seus domínios, a equipe estrelada somou apenas 25 pontos, o que lhe dá o quarto pior desempenho como mandante na competição.

Apenas o Paraná, que luta contra o Z-4, que somou 24 pontos, além dos rebaixados Botafogo-SP e Oeste, que obtiveram 22 pontos e 15 pontos, respectivamente.

Os três times ainda disputarão mais um jogo em casa, o que faz com que a Raposa ainda possar cair mais duas posições na lista dos piores anfitriões.

Visitante indigesto

O Cruzeiro encerra a sua participação nesta Série B na próxima sexta, às 21h30, contra o Paraná, no estádio Durival de Brito.

Se dentro de casa foi muito mal, como visitante o retrospecto dos comandos de Felipão é o oposto.

Com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas, a Raposa tem a terceira melhor campanha fora de casa, com 53,7% de aproveitamento.

Dos 54 pontos em disputa, os azuis somaram 29 pontos. Se vencer o Paraná, os azuis podem ultrapassar a Chape, que obteve 31 pontos, também em 18 jogos.

O melhor time no quesito é o América, que somou 35 pontos, nos 19 jogos que disputou longe do Independência, o que lhe rendeu 61,4% de desempenho.