O “23” marcou a carreira e também a vida de um grande ídolo mundial. E não estamos nos referindo ao ex-jogador de basquete Michael Jordan, que usava o número pelo Chicago Bulls. Foi nesta data, há exatos seis anos, que Ronaldinho Gaúcho fez o “drible final” pelo Atlético.

A última vez que o torcedor alvinegro viu o show do “Bruxo” foi na vitória por 4 a 3 sobre o Lanús, da Argentina, que deu ao Galo o título da Recopa Sul-Americana daquele ano. No jogo de ida, o time então comandado por Levir Culpi já havia vencido os hermanos por 1 a 0.

Contudo, o duelo foi recheado de emoção. Os argentinos venceram nos primeiros 90 minutos por 3 a 2 e levaram a decisão para a prorrogação. Após o susto, os mineiros entraram ligados e ratificaram a conquista com dois tentos nos trinta minutos extras.

Contratado em 2012, Ronaldinho fez 88 partidas pelo Atlético e anotou 28 gols. Ele foi campeão do Mineiro de 2013, da Libertadores do mesmo ano e, por fim, da Recopa Sul-Americana de 2014.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 4 X 3 LANÚS

ATLÉTICO: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver, Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho (Luan), Maicosuel (Guilherme); Tardelli (Dátolo) e Jô. Técnico: Levir Culpi

LANÚS: Marchesín, Carlos Araujo (Melano), Gómez (Benítez), Braghieri, Velázquez; Diego Gonzalez, Somoza, Victor Ayala, Ortiz (Pasquini); Acosta e Santiago Silva. Técnico: Barros Schelotto

Gols: Tardelli (Pênalti) (aos 6'), Ayala (aos 8'), Santiago Silva (aos 25'), Maicosuel (aos 37' do 1º tempo); Acosta (aos 48' do 2º tempo); Luan (aos 13' do 1º tempo da prorrogação); Ayala (aos 6' do 2º tempo da prorrogação).

Data: 23 de julho de 2014

Motivo: Finalíssima da Recopa Sul-Americana

Estádio: Mineirão

Cidade: Belo Horizonte

Árbitro: Roberto Silveira (URU)

Auxiliares: Miguel Nievas (URU) e Nicolas Taran (URU)

Público: 54.786 pagantes

Renda: R$ 5.732.930,00

Cartões amarelos: Diego Tardelli, Réver e Pierre (Atlético); Victor Ayala, Diego González, Gómez, Acosta, Braghieri e Somoza (Lanús)

Cartão vermelho: Acosta (Lanús)