Com um gol de Leonardo Silva, zagueiro que mais balançou a rede na história do clube, o Atlético, que usou um time totalmente reserva, venceu a Caldense por 1 a 0, neste sábado (9), no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, na partida de abertura da 6ª rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro, e assumiu, pelo menos até América e Cruzeiro jogarem, a liderança isolada da competição.

Agora reserva do time de Levir Culpi, Leonardo Silva abriu o placar logo aos 4 minutos de jogo, aproveitando rebote do goleiro Omar que teve dificuldade para evitar que um escanteio cobrado pelo uruguaio Terans se transformasse num gol olímpico.

A vantagem atleticana mudou a cara do jogo, pois o Galo passou a ter tranquilidade e comandou bem a partida, sendo pouco incomodado pela Caldense na etapa inicial.

Um destaque negativo do primeiro tempo foi a falha do árbitro Igor Júnio Benevenuto, que deixou de expulsar o volante Jean Henrique, da Caldense, que já amrelado fez duas faltas que deveriam lhe render a segunda punição e a exclusão do jogo.

CLEITON

Logo aos 7 minutos do segundo tempo, o meia Felipe Baiano da Caldense teve o empate nos pés, na melhor chance da Caldense no jogo. Livre, dentro da área, teve tempo de parar a bola para a finalização, mas o goleiro Cleiton, que teve ótima atuação, saiu bem do gol e evitou o empate da Veterana.

Aos 14 minutos, a expulsão do volante Jair, do Atlético, poderia ser uma grande vantagem para a Caldense, mas logo depois o meia Carlinhos, do time da casa, também levou o vermelho, e de forma direta, por uma entrada desleal em Maidana numa disputa de bola.

A partir daí o jogo ficou truncado e só no final as duas equipes criaram lances perigosos. O Atlético viu duas finalizações exigirem grandes defesas de Omar. A Caldense lamentou uma boa chance ser desperdiçada por Thiaguinho.

LIBERTADORES

No final, o 1 a 0 fez justiça ao melhor futebol do Atlético, que agora pensa exclusivamente no jogo da próxima terça-feira (12), quando recebe o Danubio, do Uruguai, no Independência, no jogo de volta pela segunda fase da Copa Libertadores.

Na ida, semana passada, em Montevidéu, os dois times empataram por 2 a 2 e o Galo joga até por um 0 a 0 ou 1 a 1. Pelo Estadual, o time volta a campo no próximo sábado (16),quando recebe o Tupi, às 19h, também no Independência, pela 7ª rodada.

A Caldense, que segue sem vitória no Campeonato Mineiro, pois soma quatro empates e duas derrotas na competição, passa a brigar é contra o rebaixamento e entra em campo pela 7ª rodada no próximo domingo (17), quando faz o clássico do Sul de Minas encarando o Boa Esporte, às 11h, novamente no Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas.

A FICHA DO JOGO

CALDENSE 0
Omar; Alexandre Lazarini, Renato Silveia, Rodolfo Manoel e Edu Pina; Jean Henrique (Thiaguinho), Renan, Felipe Baiano, Carlinhos e Judson (Lorran); Reginaldo Júnior
Técnico: Zezito

ATLÉTICO 1
Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Maidana e Carlos Cesar; Lucas Cândido e Jair; Vinicius, Terans (Daniel Penha) e Alessandro Vinícius (Leandrinho); Alerrandro (Nathan).
Técnico: Levir Culpi

DATA: 9 de fevereiro
HORÁRIO: 16h30
MOTIVO: 6ª rodada do Campeonato Mineiro
LOCAL: Estádio Ronaldo Junqueira
CIDADE: Poços de Caldas
GOL: Leonardo Silva, aos 4 minutos do primeiro tempo
ARBITRAGEM: Igor Júnio Benevenuto, auxiliado por Sidmar dos Santos Meurer e Marconi Helbert Vieira
CARTÕES VERMELHOS: Carlinhos (Caldense); Jair (Atlético)
CARTÕES AMARELOS: Jean Henrique, Felipe Baiano e Renan (Caldense); Leonardo Silva, Lucas Cândido e Vinícius (Atlético)
PÚBLICO: não divulgado
RENDA: não divulgada