Uma das maiores personalidades da história do Cruzeiro, responsável por presidir o clube em conquistas como a da Taça Brasil de 1966 e da Libertadores de 1976, Felício Brandi recebeu mais uma homenagem na tarde desta segunda-feira (30).

A partir de agora, a Toca da Raposa I passa a ter o nome de Centro de Formação Felício Brandi, como divulgado nas redes sociais da agremiação.

Brandi foi presidente do Cruzeiro de 1961 a 1981, e, além da Libertadores e da Taça Brasil, conquistou os títulos do Mineiro de 1961, 1965,1966,1967, 1968, 1969, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1977.

Em um dos episódios mais marcantes, Brandi esbravejou contra os santistas, que foram ao vestiário do Cruzeiro na segunda partida da final da Taça Brasil de 1966. Eles já queriam a marcação de um terceiro duelo, mas o mandatário celeste respondeu: "Não vai ter segundo jogo". Dito e feito! A Raposa virou a partida por 3 a 2 e, aliado ao chocolate de 6 a 2 sobre o Peixe, de Pelé, na ida, no Mineirão, ficou com a taça.

Cruzeiro