A vitória de virada do PSG sobre a Atalanta nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa na última quarta-feira fez um mineiro protagonizar uma "completa loucura".

João Vitor Brêttas, de 20 anos, morador de Belo Horizonte, prometeu que se o time francês se classificasse com participação do brasileiro Neymar em algum gol, o torcedor tatuaria o nome do "Menino Ney" nas nádegas. Isso mesmo, você não leu errado. Marcaria permanentemente o nome da maior referência do futebol brasileiro "na bunda".

"Promessa em público. Se o PSG passar de fase e o Neymar participar diretamente de algum gol eu faço uma tatuagem na bunda escrito NEYMAR JUNIOR semana que vem. Podem me cobrar viu (sério) (sic)", publicou em seu perfil @poxabrettas no dia 12 de agosto.

Com a classificação do PSG nos acréscimos e dois dias após sugerir a maluca ideia da tatuagem, enfim, Brettas cumpriu o que havia prometido. É que Neymar teve participação decisiva na classificação, dando passe para o Marquinhos no primeiro gol, e participando da jogada do segundo na vitória por 2 a 1 em cima dos italianos. 

Também pelo Twitter o torcedor João Victor Brettas mostrou o pagamento da extremamente curiosa promessa.

"Promessa paga. Meu nome está limpo nas ruas. Minha palavra está honrada. Seguimos firmes espalhando o amir e a palavra de Neymar. Avisa lá que a promessa tá paga KKKKK (sic)", publicou na tarde desta sexta-feira. 

Ao Hoje em Dia, Brêttas explicou o motivo da tatuagem. "Foi meio no instinto. Todo mundo falando de Neymar, Neymar de moicano, Neymar de JBL. O PSG saiu perdendo para o Atalanta, estava no intervalo, mas o Neymar jogando bem, perdendo gols. Pensei na promessa e falei ' se o PSG classificar com participação do Neymar, eu vou tatuar Neymar Junior na bunda. No segundo gol quando classificou, recebi ligação de uma galera pilhando para tatuar. Meu amigo é tatuador, aí eu disse, vão bora", explicou.

O responsável pela tatuagem em Brêttas foi Humberto Leal, que se apresenta no Instagram como @Humberto.ink. Em conversa com o HD o tatuador explicou a inusitada aposta do amigo. 

"Via Twitter ele fez essa aposta, que se o Neymar tivesse influência direta em algum gol, e o PSG passando (de fase na Champions League), ele tatuaria Neymar Junior na bunda, na nádega (risos). No primeiro gol o Neymar deu assistência, no segundo gol ele participou também. Quando vi o tuíte, como sou tatuador eu respondi, pode vir que eu faço de graça. Por ser muito engraçado e cômico, falei que não ia cobrar por isso. Não deu outra. O Neymar teve participação direta e dois dias depois da promessa a gente fez tatuagem", contou aos risos.

"Eu estou rindo até agora, todo mundo quando me chama para falar eu começo a rir. Foi muito engraçado", concluiu Humberto sobre a tatuagem diferente. 

A reportagem também perguntou a João Vitor sobre apagar a tatuagem um dia. Ele negou que venha a fazer isso. 

"Claro que eu poderia ter feito a promessa e não cumprir, mas o pessoal pilhou tanto. No futuro será uma história boa para contar e por isso eu tive vontade de tatuar. Pela história, pela zoeira com meus amigos. A tatuagem é eterna, não vou apagar, ficará para sempre. A história é para sempre, e se alguém pedir para ver eu vou mostrar tranquilamente. Sou fã do Neymar, gosto muito dele, e fica como brincadeira mesmo.", finalizou Brêttas.