Um grupo de 20 torcedores esteve na Toca da Raposa II na tarde desta sexta-feira (6) e protestou contra o atual momento do Cruzeiro, que vem de dois tropeços seguidos, derrota para o Atlético no jogo de ida da final do Campeonato Mineiro, e empate em casa com o Vasco na segunda rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores. Imagens do site Superesportes mostram que camisas da torcida Pavilhão Independente, uma das organizadas do clube, eram usadas por alguns manifestantes. 

Enquanto os jogadores realizavam os trabalhos de aquecimento em um dos campos do centro de treinamento, algumas pessoas subiram no muro e proferiram palavras em tom forte, cobrando dos atletas: "ou joga por terror ou joga por amor" e "se domingo não ganhar, o pau vai quebrar”, em referência ao segundo jogo da final do Estadual contra o Atlético, no domingo, às 16h, no Mineirão. Na partida de ida a Raposa perdeu por 3 a 1, no Independência.

As manifestações dos torcedores duraram cerca de dez minutos e os seguranças da Toca II agiram para dispersar chamaram à Polícia Militar para evitar mais problemas. Apesar disso, quando os militares chegaram os torcedores já haviam ido embora.

O presidente celeste Wagner Pires de Sá esteve na Toca II na tarde desta sexta-feira e presenciou a manifestação do grupo, que não atrapalhou o trabalho.

Os jornalistas puderam acompanhar apenas a primeira etapa do treinamento, fechado por Mano Menezes. O volante Lucas Romero não esteve em campo, já que sofreu lesão na perna esquerda no empate em 0 a 0 com o Vasco na última quarta-feira.

Em contrapartida o atacante Raniel, que ficou fora do duelo com o Vasco por causa de dores musculares na parte posterior da coxa direita, esteve em campo e participou do aquecimento com os demais jogadores. A escalação do jogador contra o Atlético ainda não é garantida.

O zagueiro Murilo segue fora dos treinos. O jovem defensor sofreu um trauma no ombro esquerdo e ficará ausente entre 15 e 30 dias.

Quem esteve na Toca II na tarde desta sexta-feira (6) foi o atacante Fred. O centroavante dará início aos trabalhos de fisioterapia pela cirurgia feita para corrigir lesões em dois pontos do joelho direito.