O capitão Francesco Totti alcançou mais um recorde na sua gloriosa passagem pela Roma na última segunda-feira. O jogador igualou as marcas de Dino Costa e Marco Delvecchio como maior artilheiro do clube no clássico com a Lazio, com nove gols, ao converter um pênalti e empatar o jogo, disputado no Estádio Olímpico, em 1 a 1. Apesar de ter classificado o seu feito como o "recorde mais bonito", o ídolo da Roma lamentou que a sua equipe não tenha vencido.

"Eu queria muito (o recorde). Ele é o meu recorde mais bonito", disse Totti à Sky Sport Itália. "Eu queria a vitória. Nós jogamos fora o primeiro tempo. Infelizmente, não entramos no jogo imediatamente e eles nos colocaram sob muita pressão", completou o atacante, de 36 anos.

O clássico, válido pela 31ª rodada do Campeonato Italiano, foi cheio de reviravoltas. A Lazio abriu 1 a 0 no primeiro tempo, com Hernanes, e poderia ter ampliado a vantagem se o volante brasileiro não tivesse desperdiçado um pênalti. Depois, Totti empatou o duelo aos 12 minutos da etapa final. A equipe ainda ficou com um jogador a mais, após a expulsão de Biava, mas não conseguiu a virada.

Assim, Totti lamentou a oportunidade desperdiçada pela Roma, mesmo tendo alcançado mais uma recorde. A sua equipe está na sétima colocação no Campeonato Italiano, com 48 pontos, três a menos do que a Lazio, que ocupa o quinto lugar.