Os treinadores brasileiros estarão ligados, como o resto do Brasil, na decisão da Copa Libertadores, entre Corinthians e Boca Juniors, às 21h50, no estádio do Pacaembu. Alguns deles estão, inclusive, torcendo para que Tite conseguia conquistar o título continental.

Marcelo Oliveira, treinador do Coritiba, revelou que entrou em contato com o técnico corintiano e mandou uma mensagem repleta de intenções positivas. No entanto, Oliveira alerta que a tradição do Boca tem que ser respeitada.

"Espero que o Corinthians traga essa conquista para o futebol brasileiro. O Tite é um treinador competente e espero que ele possa ter sucesso nessa final. Mandei uma mensagem para ele desejando um bom jogo e espero que tudo dê certo para ele e para todo time. Entretanto, todos sabem da história do Boca na competição, é um time inteligente e que fará um jogo duro hoje à noite (quarta, 4 de julho)", disse Marcelo Oliveira.

Moacir Júnior, treinador do Tupi, de Juiz de Fora, também alerta para a força dos argentinos, mas confia no forte sistema tático implantado pelo Corinthians e que resultou no fato da equipe ter a melhor defesa da Taça Libertadores.

"O time do Corinthians tem uma estrutura tática muito consolidada, que o Tite armou com muita competência. O esquema de marcação é muito forte e tem dado resultado. Apesar de acreditar nos brasileiros, não se pode desprezar o Boca. É uma das maiores equipes do mundo e não é de hoje. Eles são seis vezes campeões da Libertadores e sabem como ninguém jogar fora de casa. Por isso, todo cuidado é pouco". (Moacir Júnior - técnico do Tupi-JF)