Depois de fazer acusações sérias sobre a lisura das arbitragens do Campeonato Mineiro, o presidente do Tricordiano, Gustavo Vinagre, concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (15), e tentou explicar toda a confusão criada.

Segundo o dirigente, não há risco do Tricordiano abandonar o campeonato. Gustavo admitiu que foi um erro, a postagem de um comunicado no Facebook oficial do clube, em que afirmava haver indícios de manipulação de resultados dos jogos do Campeonato Mineiro, e ameaçava abandonar o torneio.

“Nós dissemos que há indícios, não afirmamos que há manipulação. Houve um equívoco na postagem no Facebook. O fato é que estamos decepcionados com a arbitragem e vamos enviar um advogado à federação para entrar com uma representação contra o árbitro do jogo contra a URT.”

A Federação Mineira de Futebol (FMF) enviou um ofício ao Tricordiano, exigindo esclarecimentos sobre a situação que foi criada, e vai se manifestar somente após resposta oficial do clube de Três Corações.