Assim como aconteceu no último jogo de 2020, quando o Atlético derrotou o Coritiba por 2 a 1, no Mineirão, o meia Hyoran voltou a "salvar" a equipe também no primeiro duelo de 2021. Se contra o Coxa ele anotou o gol da vitória, já no apagar das luzes, nesta segunda-feira (11), contra o RedBull Bragantino, ele evitou que o time saísse derrotado de Bragança Paulista.

Aproveitando o pênalti sofrido por Arana, já nos acréscimos, Hyoran balançou a rede, correu para o abraço e garantiu o valioso ponto fora de casa, que fez o Atlético chegar aos 50 e diminuir, mesmo que minimanente, a diferença para o líder São Paulo. Com um jogo a menos que o Tricolor, o Galo tem seis pontos a menos. O Inter, vice-líder, tem 53.

Leia mais:
Tá ruim, mas tá bom: Atlético arranca empate no último minuto em Bragança e segue na luta

"Nosso objetivo era a vitória, porque sabíamos que era a oportunidade de aproximar (do São Paulo). Tomamos gols nos nossos melhores momentos em campo. Mas levar esse empate no último minuto mostra que vamos brigar até ofinal para conquistar essa taça", disse o meia em entrevista ao Première.

No próximo domingo (17), o Galo encara o Atlético-GO, no Mineirão. Derrotar o Dragão no confronto válido pela 30ª rodada é mais do que obrigação para os comandados do técnico Jorge Sampaoli.