Número 15 do ranking mundial, o francês Jo-Wilfried Tsonga está na final do Masters 1000 de Xangai. Na noite deste sábado (17) na China (manhã no Brasil), ele levou um pneu de Rafael Nadal, mas reagiu e venceu o ex-número 1 do mundo por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 0/6 e 7/5.

A final é apenas a quarta de Tsonga, de 30 anos, em eventos da serie Masters 1000. Ele ganhou em Paris, em 2008, e no Canadá, no ano passado. Em 2011, foi derrotado na decisão de Paris.

O tenista, aliás, vive a melhor fase da temporada. Até 20 dias atrás, não havia feito nenhuma final no ano. O francês ganhou em Metz, diante da sua torcida, e agora vai fazer a final de Xangai contra quem vencer o duelo entre os dois melhores do mundo: o sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray, ainda neste sábado.

Para Nadal, fica a frustração de não conseguir chegar à segunda final consecutiva, uma vez que ele foi vice em Pequim, na semana passada. Atualmente apenas o sétimo do mundo, o espanhol só fez uma final de Masters 1000 na temporada, em Madrid. No ano passado, como comparação, haviam sido três, além de dois Grand Slams.

No histórico entre Nadal e Tsonga, agora são oito vitórias do espanhol contra apenas três do francês. Na final, o francês encontrará um algoz, independente do adversário. Já perdeu 13 vezes de Djokovic, em 19 confrontos, e 12 de Murray, a quem venceu apenas duas vezes.