O Cruzeiro terminou a temporada com o grupo valorizado dentro e fora de campo. Os jogadores estrelados dominaram as diversas listas de melhores do ano. No entanto, o principal desejo é garantir o nome na relação do técnico Luiz Felipe Scolari.
 
O goleiro Fábio, há pelo menos três temporadas, mostra que teria lugar no time. Nos últimos tempos, parece que desistiu e externou sua insatisfação.
 
Para o técnico Marcelo Oliveira, além do camisa 1, outros atletas fizeram por merecer uma chance. “Nilton, Éverton Ribeiro e o próprio Dedé, que já foi convocado outras vezes”, citou o comandante estrelado. Desse grupo, o defensor parece ser o que está mais próximo de convencer Felipão. Ele chegou à Toca em abril, e o início foi instável. Com o passar do tempo, conseguiu se firmar e terminou a temporada em alta.
 
O bom desempenho na reta final do Brasileirão mantém vivo o sonho de vestir a camisa amarela na Copa do Mundo, em junho. “É o meu principal objetivo. Vou trabalhar para estar lá”, projeta o camisa 26.
 
Pelas últimas escalações de Felipão, resta apenas uma vaga, já que Thiago Silva, David Luiz e Dante estariam garantidos. Marquinhos, do PSG, corre por fora.
 
A única convocação antes do Mundial será em março, quando o Brasil pega a África do Sul, em Johanesburgo. A lista definitiva sairá no dia 7. O tempo é curto, mas o meia Éverton Ribeiro, eleito o craque do Brasileirão, ainda sonha com um lugar entre os 23. “Vou continuar fazendo meu trabalho bem feito. Só assim posso ter uma chance”, diz. Em novembro, o técnico Marcelo Oliveira admitiu que Scolari ligou pedindo informações sobre o jogador.