Mano Menezes cumpriu a promessa: o time terá força máxima na partida que pode decretar o rebaixamento do Tupi, de Juiz de Fora, para o Campeonato Estadual do próximo ano. Como os titulares não atuaram no meio da semana contra o Deportivo Lara, da Venezuela, como havia sido programado, todos estarão em campo, daqui a pouco, no estádio Mário Helênio, para enfrentar o desesperado Galo Carijó.

Para buscar os três pontos que jogariam pressão sobre Atlético e América, na disputa pela liderança da primeira fase do Estadual, o técnico terá Fábio, no gol, com os zagueiros Dedé, que cumpriu suspensão diante do Huracán, na estreia da equipe na Libertadores, e também está pendurado no Mineiro, e Léo à frente.

Edilson e Egídio, outro que tem dois amarelos, fazem as laterais. No meio de campo, Henrique e o argentino Lucas Romero, já considerado dono da posição, serão os volantes. 

Mais adiantados, estarão Rafinha, Rodriguinho, Robinho e Fred, que tem quatro gols e está na briga pela artilharia do campeonato.

No Tupi, o técnico Beto Souza também manda para o jogo o que tem de melhor no elenco: Vilar, Pablo, Aislan, Guilherme Henrique e Cleiton; Lucas Sampaio, Leandro Brasília e Baiano; Romarinho, Gabriel Tchó Tchó e Gabriel Costa.