Douglas Santos já foi para o Hamburgo, mas voltou a ser tem dos aleticanos, com a entrada de recurso na Fifa do clube italiano Udinese, que vendeu o lateral-esquerdo em 2015, alegando falta de pagamento.

A Udinese também reclama de dívida não paga em relação ao meia-atacante Maicosuel, adquirido em 2014 pelo Atlético. O montante toal é 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,5 milhões).

Nops cálculos dos italianos, o Galo só pagou 650 mil euros dos 3.45 millhões estipulados na venda. Da dívida da compra de Douglas Santos, o Atlético não teria pago nada ainda - o valor total é de 2, 85 milhões de euros.

A Udinese teria feito uma renegociação no ano passado, para facilitar a vida do Atlético, segundo o diretor-geral Franco Collavino, mas os mineiros mais uma vez teriam pisado na bola.

A Fifa já pediu que o Atlético pague imeditamente os 570 mil euros referentes da primeira parcela da dívida com Douglas Santos. O prazo de 30 dias já teria vencido e o Galo pode ser punido com perda de pontos no Campeonato Brasieliro.