Após o 1 a 0 sobre o Fluminense, no domingo (8), e encerrar um jejum de cinco jogos seguidos sem vencer, o América busca voos maiores no Brasileirão. Sobretudo pelo empenho exibido nos treinos e nos últimos confrontos - somam-se os empates com Grêmio e Atlético-GO, ambos fora de casa -, o time tem tudo para permanecer na Série A, como destaca o técnico Vagner Mancini.

"O América vem melhorando ao longo do tempo. Um time que marca melhor, chega mais rápido à frente, tem saída de contra-ataque feita com velocidade, força física no jogo... É o que uma equipe que quer permanecer na Série A tem que ter. Estou muito convicto de que faremos uma bela temporada, um ótimo segundo turno, sabendo que desperdiçamos pontos importantes lá atrás, o que poderia nos colocar numa situação melhor que a atual", disse o comandante.

Com 14 pontos, em 17° lugar, o Coelho volta suas atenções para o duelo da próxima segunda-feira (16), às 20h, com a Chapecoense, na Arena Condá.

"Temos que ter uma diretriz de pensamento, uma organização para chegar lá e enfrentar bem a Chapecoense, que, jogando dentro de casa, é difícil de ser batida. Diante disso, queremos uma boa semana de trabalho para estarmos conscientes de que, para o jogo de segunda-feira, a estratégia vai nos mostrar o caminho", disse Mancini.

América

Leia Mais:
Galo estabelece sua maior sequência de vitórias na história do Brasileiro por pontos corridos
América quebra longo jejum, vence Fluminense em casa e sonha na Série A
Para Luxemburgo, salários em dia mudaram comportamento no Cruzeiro