Não se sabe qual estratégia ou tipo de postura o Atlético levará a campo no clássico deste domingo (10), às 16h, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 32ª rodada do Brasileirão: se será uma equipe agressiva ofensivamente desde o primeiro minuto ou se, inicialmente, ficará mais na defensiva. Mas o técnico Vagner Mancini dá uma ‘dica’: “O erro zero na parte defensiva é o mais importante num jogo desses”.

“Por mais que a gente monte estratégias ofensivas, com marcação alta ou baixa, o que mais importa é defensivamente ter erro zero. Um lance de bola parada, um lateral... Uma desatenção custa caro. Tenho passado isso aos atletas. E, a partir daí, vislumbrar algo ofensivo diferente do que tem sido feito”, declarou o comandante alvinegro.

Com relação ao time titular, ele também não abre o jogo. Só que, novamente, faz uma revelação. “Às vezes, em determinadas situações, é bom ter a experiência de atletas que o vivenciaram mais. Por outro lado, a juventude dá a imprevisibilidade do jogo. Minha ideia é ter (uma mescla de) juventude e experiência; as duas coisas são aliadas em um bom time de futebol”, afirma.

No comando do Atlético, Vagner Mancini possui 44,4% de aproveitamento, fruto de duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

Vagner Mancini