“Vai ter volta”. E teve mesmo! Só que novamente quem se deu bem foi o América, e não o Cruzeiro, que prometia uma história diferente da partida de ida. Após levar a melhor no primeiro jogo das semifinais, por 2 a 1, de virada, no Mineirão, o Coelho ganhou por 3 a 1 no Independência, neste domingo (9), e consolidou sua vaga para a decisão do Campeonato Mineiro, contra o Atlético.

Já para os celestes, eliminados e sem terem vencido um duelo sequer diante do Alviverde – além dos dois reveses desta etapa mata-mata, perdeu por 1 a 0 na fase classificatória, também no Horto –, o foco passa a ser a Série B do Campeonato Brasileiro, o principal objetivo da Raposa na temporada. 

Merecimento

Com dois gols de pênalti de Rodolfo, um no primeiro e outro no segundo tempos, e um de Ramon, no finalzinho, o América construiu uma vitória merecida, fruto de uma atuação muito mais consistente e agressiva em relação ao embate de ida. Matheus Barbosa fez o dos azuis.

Decisão

América e Atlético começam a decidir o título do Estadual no próximo domingo (16), às 16h, no Independência. O Galo tem a vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols para conquistar o bicampeonato em sequência.

O Coelho, por sua vez, volta a uma final após cinco anos – na última, em 2016, superou justamente o Alvinegro.

 FICHA DO JOGO

AMÉRICA 3 X 1 CRUZEIRO

AMÉRICA
Cavichioli; Diego Ferreira, Bauermann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho (Juninho Valoura) e Alê (Eduardo); Bruno Nazário (Ribamar), Felipe Azevedo (Ramon) e Rodolfo (Ademir)
Técnico: Lisca

CRUZEIRO
Fábio; Cáceres, Ramon, Weverton e Matheus Pereira; Adriano (Claudinho), Matheus Barbosa (Marcinho) e Rômulo (Bissoli); Airton (Stênio), Bruno José (Felipe Augusto) e Rafael Sóbis
Técnico: Felipe Conceição

DATA: 9 de maio de 2021 (domingo)
LOCAL: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
ARBITRAGEM: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza
VAR: Emerson de Almeida Ferreira
CARTÕES AMARELOS: Diego Ferreira, Bauermann, Bruno Nazário, Rodolfo, Geovane (América); Adriano, Ramon (Cruzeiro)
GOLS: Rodolfo aos 47 minutos do primeiro tempo; Matheus Barbosa aos 17, Rodolfo aos 26 e Ramon aos 50 do segundo tempo

América

O América levou a melhor novamente, por 2 a 1, e se classificou à final do Mineiro