A final da Copa Emirados, espécie de Copa da Liga dos Emirados Árabes Unidos, teve participação ativa de dois velhos conhecidos dos torcedores brasileiros. Denilson, ex-volante do São Paulo, fez o gol do título do Al Wahda, apesar de a equipe ter jogado todo o segundo tempo com um jogador a menos. Valdivia, ex-Palmeiras, foi expulso por agressão.

Um dos destaques do Al Wahda na temporada, Denilson apareceu como homem surpresa na área, bateu na saída do goleiro, e abriu o placar contra o Al Shabab logo a 1 minuto. No finalzinho do primeiro tempo, Valdivia aprontou das suas, ao acertar com os pés o seu compatriota Villanueva após receber uma falta. Recebeu o vermelho direto.

Derrotado na final desta sexta-feira (1º) em Dubai, o Al Shabab é treinado por Caio Júnior e, depois da semifinal, perdeu o atacante Jô, que se transferiu para a China. O Al Wahda é comandado pelo mexicano Javier Aguirre, que já passou pelas seleções do México e do Japão.

Após quase um mês de paralisação, o campeonato nacional dos Emirados Árabes será reiniciado daqui a uma semana, para as últimas três rodadas. Disputam o título o Al Ahli Dubai, de Everton Ribeiro e Lima, e o Al Ain, de Fellipe Bastos.