A briga de Atlético e Cruzeiro nos extremos da tabela de classificação é a maior atração para os mineiros na 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. E dentro dessas realidades, os dois podem alcançar, caso marquem os três pontos, seus respectivos objetivos.

Na quarta posição, mas com o mesmo número de pontos do terceiro, Flamengo, e apenas dois atrás do segundo, que é o Palmeiras, o Atlético tem a chance de assumir a vice-liderança da competição, de forma definitiva, neste sábado (17), quando encara o Athltico-PR, às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba.

E não chega a ser uma tarefa impossível para os comandados de Rodrigo Santana. Vencendo o Furacão, em Curtiba, o Galo chega aos 30 pontos com nove vitórias. Para tomar a segunda colocação do Palmeiras, ele precisará que o time paulista não vença o Grêmio, em confronto a partir das 21h deste sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Além disso, precisará contar com pelo menos um empate do Flamengo diante do Vasco no clássico carioca que será disputado também este sábado, às 19h, no Mané Garrincha, em Brasília. Mandante da partida, o time de São Januário optou pela Capital Federal de olho na grande renda que terá.

Cruzeiro

Na 17ª colocação, o Cruzeiro entra em campo neste domingo (18), às 16h, para encarar o Santos, no Mineirão, com a saída da zona de rebaixamento como objetivo principal.

Para que isso aconteça na estreia do técnico Rogério Ceni no comando da equipe só existe uma possibilidade. A Raposa precisa vencer o Santos e ainda contar com pelo menos um empate do Fluminense com o vice-lanterna CSA, também às 16h deste domingo, no Maracanã.

O tricolor carioca é o 16º colocado e único time que pode ser ultrapassado pelos cruzeirenses nesta rodada. O Vasco, que é 15º, já soma 17 pontos, seis a mais que o Cruzeiro.

arteCLIQUE PARA AMPLIAR