Titular absoluto da Era Sampaoli, o meia Hyoran deverá seguir entre os onze também no primeiro duelo das semifinais do Campeonato Mineiro, contra o América. Emprestado pelo Palmeiras até o fim da temporada, o jogador de 27 anos fez 13 partidas pelo alvinegro até o momento.

Sobre este desafio de buscar uma vaga na final do Estadual, que começa no próximo domingo (2), o meia destaca a qualidade do adversário, que já não é mais um ‘desconhecido’ do elenco.

“Sabemos que será um jogo muito difícil. Sabemos da vantagem deles, mas temos que entrar focados e colocar em prática todas as estratégias. Queremos buscar uma vitória no primeiro jogo para ter um pouco mais de tranquilidade no duelo de volta”, destaca o jogador.

Contudo, apesar da titularidade bancada pelo comandante argentino, Hyoran tem pecado num quesito importante: a finalização. Contra América e Patrocinense, ele desperdiçou ótimas chances de balançar a rede.

“Venho me cobrando muito disso, mas sei que às vezes desempenho uma função que de outra forma eu ajudo. Mesmo assim me cobro muito, pois sei que sou um jogador que chega muito na área e que preciso fazer o gol. Acredito que essa questão de talvez estar pesando a perna é o ritmo que ganharemos com o passar do jogos. Nessa evolução as coisas vão acontecendo naturalmente, os gols vão sair e as assistências vão chegar”, finalizou.