O América está praticamente rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. Faltam ainda cinco rodadas a serem disputadas, mas a derrota por 1 a 0 para o já rebaixado e lanterna Paraná, que não vencia há 18 rodadas, na tarde deste sábado (10), no Independência, deixa o Coelho em situação praticamente irreversível no Z-4.

Sem inspiração, apesar de o técnico Adilson Batista ter escalado seu time com um trio de atacantes – Matheusinho, Aylon e Robinho -, o que não vinha acontecendo nas últimas rodadas, o América fez um péssimo primeiro tempo e teve apenas uma chance de gol diante do time mais fraco deste Campeonato Brasileiro.

Na etapa final, o América se impôs mais em campo, com Rafael Moura no lugar de Aylon e Carlinhos na vaga de Robinho, mesmo assim foi pouco para que incomodasse a zaga paranista.

Aos 19 minutos, a injusta expulsão de René Santos, por um lance em que merecia o cartão amarelo, parecia a senha para a vitória americana. Mas o panorama do jogo não mudou, mesmo com a entrada de Luan no lugar do volante Zé Ricardo.

Aos 40 minutos, o zagueiro Messias recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, mas o maior castigo americano ainda estava por vir. Aos 44 minutos, o garoto Andrey fez grande jogada individual, entrou na área, driblou João Ricardo e tocou para o gol vazio.

A revolta, que já tomava conta da torcida americana, explodiu com gritos de: “Vergonha”. Não há mesmo outra palavra para definir o que aconteceu com o América neste sábado, no Independência.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA 0
João Ricardo; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Leandro Donizete e Zé Ricardo (Luan); Matheusinho, Gérson Magrão e Robinho (Carlinhos); Aylon (Rafael Moura). Técnico: Adilson Batista
PARANÁ 1
Richard; Wesley Dias, Jesiel, René Santos e Mansur (Silvinho); Leandro Vilela, Jhonny Lucas (Jhony) e Alex Santana; Juninho, Andrey e Rafael Grampola (Rodrigo Carioca). Técnico: Dado Cavalcanti
DATA: 10 de novembro de 2018
LOCAL: Independência
MOTIVO: 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
GOL: Andrey, aos 44 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Wagner Reway (MT), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Eduardo Goncalves da Cruz (MT)
CARTÃO VERMELHO: Messias (América). René Santos (Paraná)
CARTÃO AMARELO: Leandro Donizete e Gérson Magrão (América); Leandro Vilela (Paraná)