A melhor notícia para o Atlético no empate em 1 a 1 contra o Boa Esporte, no último domingo (1), no estádio Melão, em Varginha, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, foi a atuação do goleiro Victor.

De volta ao time titular após ver o jovem Michael assumir a posição neste início de temporada, o camisa 1 do Galo fez pelo menos quatro boas defesas naquele que foi apenas o seu segundo jogo do ano.

Entretanto, apesar de o resultado ter tirado o Alvinegro do G-4 do Estadual e aumentado o momento conturbado pelo qual a equipe passa, o fato que mais repercutiu no domingo não ocorreu dentro de campo.

A chegada do técnico Jorge Sampaoli agitou os bastidores do clube e também repercutiu entre os jogadores.

Uma das referências do elenco alvinegro, Victor comemorou a chegada do comandante argentino, mas fez questão de citar a responsabilidade dos jogadores no processo de recuperação do time.

“Um treinador extremamente competente, vai agregar muito, vai ajudar muito, mas temos que fazer a nossa parte. A diretoria se esforçou para trazer aquilo que há de melhor em treinador. Agora é assimilar o mais rápido possível o que ele quer, para evoluirmos rápido e fazermos uma temporada de recuperação e que faça com o que o torcedor se sinta feliz. O torcedor está chateado com a gente, mas temos certeza que ainda temos uma grande temporada pela frente”.

Provavelmente com Victor no gol, e sem Sampaoli, que inicia os trabalhos com o elenco apenas na semana que vem, o Galo volta o foco para o clássico com o Cruzeiro, marcado para este domingo, às 19h, no Mineirão, pela oitava rodada do Estadual. O Atlético é o mandante da partida.

Victor Atlético