O Vila Nova se juntou à Portuguesa e se tornou nesta sexta-feira (24) o segundo time matematicamente rebaixado na Série B. A queda foi decretada com a derrota para o Oeste, por 1 a 0, em pleno Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 35ª rodada do campeonato.

Com mais um resultado negativo, o Vila Nova ficou estacionado nos 29 pontos, na penúltima rodada do campeonato, e não pode mais evitar o rebaixamento nas três rodadas que restam. Esta é a segunda queda seguida só nesta temporada, porque também caiu para a segunda divisão do Campeonato Goiano.

Do outro lado, o Oeste chegou ao terceiro jogo seguido sem derrota e, agora com 42 pontos, pode terminar a rodada fora da zona de rebaixamento. Para isso, precisa torcer por um tropeço de Bragantino, diante do Santa Cruz, ou do Icasa, que pega o América-RN - ambos são neste sábado.

Ainda com esperança de escapar da queda à Série C, o Vila Nova entrou na partida mais focado e partiu para cima do Oeste. Recuado, o time paulista segurava o adversário, mas sofria com a lentidão de seus jogadores para tentar chegar ao ataque.

Na segunda etapa, o Oeste voltou melhor e começou a criar chances de gol. Aos 20 minutos, Pablo passou como quis por Gabrielm no lado esquerdo do ataque e cruzou na cabeça de Cristiano, que testou firme para o fundo das redes: 1 a 0.

Após o gol, o técnico Wladimir Araújo mexeu, deixando o Vila Nova mais ofensivo, mas o time não respondeu bem e pouco fez para buscar o empate. O Oeste se segurou, garantindo a importante vitória em Goiânia.

Na próxima rodada, o Vila Nova enfrenta o Vasco na terça-feira, no Rio. No mesmo dia, o Oeste tem pela frente o Náutico, no Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP).

FICHA TÉCNICA:

VILA NOVA 0 X 1 OESTE

VILA NOVA - Cléber Alves; Wanderson, Gustavo, Gabriel e Christiano; Leonardo, Felipe Macena, Léo Rodrigues (Gustavinho), Nenê Bonilha e Paulinho (Mateus Anderson); Dimba (Ítallo). Técnico: Wladimir Araújo.

OESTE - Anderson; Clayton Sales, Halisson, Daniel Gigante e Dênis; Dionísio (Leandro Melo), João Denoni, Jeferson Paulista e Cristiano (Reis); Lelê (Pablo) e Wagninho. Técnico: Roberto Cavalo.

GOL - Cristiano, aos 20 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL).
CARTÕES AMARELOS - Dionísio (Oeste); Clayton Sales, Felipe Macena e Ítallo (Vila Nova).
RENDA - R$ 3.000,00.
PÚBLICO - 248 pagantes.
LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).