A vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Argentina, na noite dessa terça-feira (2), no Mineirão, registrou a maior renda da história do estádio.

Os 52.235 torcedores que pagaram ingressos para assistir o duelo geraram uma receita de R$ 18.744.445,00. Ao todo, 55 mil pessoas acompanharam o confronto no Gigante da Pampulha.

A marca anterior pertencia a partida entre Atlético e Olímpia, vencida pelo Alvinegro por 2 a 0, disputada no dia 24 de julho de 2013, que valia pelo segundo jogo da decisão da Copa Libertadores.

Na ocasião, os 56.557 pagantes (58.620 presentes) produziram uma renda de R$ 14.176.146. O duelo ainda é o detentor da maior renda das partidas entre clubes no país.

Recorde nacional

A Copa América 2019 também registrou a maior renda do futebol brasileiro. A vitória da Seleção por 3 a 0 sobre a Bolívia, na estreia da competição, no Morumbi, gerou uma renda de R$22.476.630,00, para um público de 46.342 pagantes.

O recorde anterior também era do time canarinho, que no dia 11 de novembro de 2017, levou 41.008 expectadores que pagaram ingressos, que criaram uma receita de R$ 15.118.391,02.