O Cruzeiro pode não só deixar a zona de rebaixamento, como subir quatro posições na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro nesta 18ª rodada, que terá partidas nesta sexta-feira (23), no sábado (24), no domingo (25) e só será encerrada na segunda-feira (26).

Para deixar o Z-4, a Raposa precisa vencer o Náutico, neste domingo, às 16h, no Estádio dos Aflitos, no Recife, no segundo jogo sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

Luiz Felipe Scolari técnico Cruzeiro

A segunda vitória seguida do Cruzeiro sob o comando de Luiz Felipe Scolari pode permitir ao time não só sair da zona de rebaixamento, como assumir a 14ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro

Os pernambucanos têm dois pontos a mais e, se superados, serão ultrapassados. Nesta sexta-feira já será disputado o primeiro confronto que interessa ao Cruzeiro nesta batalha para deixar a zona de rebaixamento da Segundona.

Brasil-RS e CSA abrem a 18ª rodada jogando às 19h15, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Se o time gaúcho, que é 14º colocado, for derrotado, ele será ultrapassado pela equipe de Felipão, caso a vitória aconteça diante do Náutico. Neste caso, haveria um empate em 19 pontos, mas os celestes levariam vantagem no número de vitórias (7 a 4).

Domingo

Além do Náutico, seu adversário, e do Brasil, os outros dois times que podem ser superados pela Raposa na tabela de classificação entrarão em campo no domingo à noite, após o jogo do Cruzeiro no Estádio dos Aflitos.

O Figueirense, que é 17º colocado e abre a zona de rebaixamento, recebe o Juventude, às 18h15, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com um empate, os catarinenses poderão ser ultrapassados pelo Cruzeiro, caso ele vença no Recife.

Também às 18h15 do domingo, o Guarani, que é 15º colocado, com os mesmos 18 pontos de Náutico (16º) e Figueirense (17º), mas que leva vantagem nos critérios de desempate, recebe o Avaí, às 18h15, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Para ultrapassar o Bugre, a Raposa precisa da mesma combinação em relação ao Figueirense.

G-4

Ainda é cedo para o Cruzeiro pensar em G-4, mas na última rodada, a diferença de pontos em relação ao grupo que garante vaga na Primeira Divisão do ano que vem caiu de 14 para 11.

Vencer o Náutico é fundamental para tentar diminuir ainda mais essa diferença, pois a quarta colocada, Ponte Preta, e o quinto, Juventude, que somam 27 pontos, jogam fora de casa.

A Macaca encara neste sábado, às 16h, em Maceió, o CRB, pressionado pelo fato de o rival CSA, que já foi lanterna desta Série B, ter deixado ele para trás na tabela de classificação.

E o Juventude encara justamente o desesperado Figueirense, que luta para deixar a zona de rebaixamento, numa partida em que, se o Cruzeiro vencer o Náutico, qualquer resultado será bom.

CLIQUE PARA AMPLIAR