A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira (24) a suspensão das atividades do laboratório antidoping do México, localizado na capital do País, a Cidade do México. A punição vale por seis meses e não se assemelha à punição aplicada ao laboratório do Rio.

No caso brasileiro, o laboratório está paralisado desde o fim de semana passado porque a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) foi descredenciada. Isso aconteceu em consequência da não conformidade da ABCD com as regras estipuladas pelo Código Mundial Antidoping.

A Wada cobrava no Brasil a implementação de um tribunal único e independente para julgar o doping. Atualmente, as ocorrências ainda são julgadas pelos tribunais desportivos de cada esporte.

Já a suspensão do México foi aplicada diretamente sobre o laboratório, que fica proibido de realizar exames. "A decisão de suspender o laboratório é um resultado direto de um processo de controle de qualidade implantado pela Wada para garantir que os laboratórios manterão os níveis mais altos", explicou a agência.