Faltando 123 dias para o início dos Jogos Olímpicos, que serão realizados no Rio de Janeiro, o técnico da seleção feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, convocou as atletas que defenderão a camisa brasileira na competição. Ele esperou o término da Superliga, neste domingo (3), e divulgou a lista já nesta segunda-feira (4).

Porém, cabe lembrar que a seleção terá pela frente dois amistosos, dias 27 e 29, no Paraná, e também o Grand Prix. Após o torneio, o treinador anunciará os cortes e a lista definitiva, com 12 convocadas para os Jogos.

Confira os nomes:

Levantadoras:

Dani Lins (Osasco)
Fabíola (Sem Clube)
Roberta (Rio de Janeiro)
Naiane (Minas)

Centrais

Fabiana (Sesi)
Thaisa (Osasco)
Juciely (Rio de Janeiro)
Carol (Rio de Janeiro)
Adenizia (Osasco)

Opostas

Sheilla (VakıfBank SK - Turquia)
Tandara (Minas)
Monique (Rio de Janeiro)

Ponteiras

Natália (Rio de Janeiro)
Fernanda Garay (Dínamo Moscou - Rússia)
Jaqueline (Sesi)
Gabi (Rio de Janeiro)
Mari Paraíba (Minas)

Líberos

Camila Brait (Osasco)
Léia (Minas)

Sobre a convocação  da levantadora Fabíola, que está gravida, Zé Roberto é direto e diz que correu o risco pela experiência da jogadora, que será mãe em maio, antes de a Olimpíada começar. A esperança é que ela faça parto normal, para que consiga realizar os treinamentos com as demais convocadas.

"A Fabíola, nós estamos nos empenhando para que ela consiga treinar e participar dos treinamentos. Vai depender do que acontecer no futuro. Tem que ser um parto normal, não pode ser cesárea. Assim, ela poderá treinar e terá tempo hábil para se preparar", explicou o treinador.

"É uma jogadora muito experiente, com passagens por clubes importantes, e que não pode ser descartada. Por isso fazemos este esforço para tê-la nos Jogos", completou.

fabiola

O treinador da seleção feminina espera que Fabíola faça parto normal e esteja apta a disputar os Jogos