Estado volta a registrar incêndios criminosos em ônibus e residência

Folhapress
23/02/2013 às 09:51.
Atualizado em 21/11/2021 às 01:17

  SÃO PAULO - Novos ataques à ônibus e contra uma residência voltaram a ser registrados na madrugada deste sábado (23) em três cidades de Santa Catarina. Ao todo, os criminosos incendiaram três carros e uma residência que estava abandonada. Ninguém foi preso pelos crimes.    Duas ocorrências ocorreram em Rio do Sul. Segundo a polícia, uma testemunha viu quatro homens incendiarem um carro em um terreno baldio rua Tolentino Aristides Gomes, no bairro Eugenio Schneider, por volta da 0h30. Um dos bandidos estaria com uma pistola, segundo relatos. Ainda em Rio do Sul, uma residência abandonada foi incendiada por volta das 3h20, na rua Primeiro de Maio, no Jardim América. Os bombeiros vistoriaram a casa encontraram uma garrafa PET com odor de gasolina. Ninguém ficou ferido.    Em Itajaí, um Chevette, que estava estacionado na rua Agílio Cunha, no bairro de São Vicente, foi atingido por uma garrafa PET com gasolina por volta da 1h50. O veículo pegou fogo e ficou totalmente destruído. Já em Navegantes, um veículo abandonado na rua 2.222 também foi incendiado por volta das 5h10. Em nenhuma das ocorrências houve registro de feridos. Ao todo, cerca de 50 ônibus já foram incendiados na onda de ataques que começou no final do mês passado em Santa Catarina.    Prisão    Na sexta-feira (22), a mulher do traficante Rodrigo de Oliveira, o "Rodrigo da Pedra", foi presa sob suspeita de ter difundido a ordem dele para uma onda de ataques no Estado.    Simone Saturnino, de 31 anos, comandava ao lado do irmão dele o tráfico no morro do Horácio, no centro de Florianópolis, de acordo com a polícia. O marido é considerado o maior traficante em operação na capital do Estado e um dos líderes do Primeiro Grupo Catarinense (PGC).    A facção é suspeita de estar por trás dos atentados. A polícia diz que 187 foram presas ou apreendidas (no caso de adolescentes) por relação com a onda de violência.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por