receita popular

'Hyenas' quer unir o que há de melhor nos jogos de tiro com apoio do público

Marcelo Jabulas
@mjabulas
Publicado em 23/06/2022 às 08:30.
Colorido como boa parte dos games que mostram uma realidade distópica menos cinza e fantasiosa, “Hyenas” quer brigar com os medalhões de tiro em rede (Divulgação)

Colorido como boa parte dos games que mostram uma realidade distópica menos cinza e fantasiosa, “Hyenas” quer brigar com os medalhões de tiro em rede (Divulgação)

A Sega acaba de anunciar “Hyenas”, game de tiro multiplayer, com produção a cargo da Creative Assembly. O estúdio ganhou notoriedade pela produção do excelente “Alien: Isolation” e por produções como a primeira edição de “FIFA International Soccer”, em 1993, e a franquia “Total War”.

Agora, a empresa se aventura num projeto de tiro online. A Sega quer beber na mesma fonte em que se esbaldam títulos em rede como “PUBG”, “Fortnite”, “Call of Duty: Warzone” e similares.

No entanto, “Hyenas” tem um enredo. O game se passa em um futuro distópico, com a Terra em frangalhos. Milionários que puderam pagar pela salvação embarcaram em naves rumo a Marte e deixaram o que sobrou da humanidade para trás.

Os jogadores assumem o papel de rebeldes que viajam para Marte para limpar os cofres dessa galera.

No primeiro vídeo exibido pela Sega, a impressão que se tem é que o “Hyena” é uma espécie de “Borderlands” com jogos da Bethesda. Isso porque o game tem gráficos em estilo Cel Shading, que parecem animação. Essa estética é praticamente um sinônimo para a franquia da Gearbox Software.

No entanto, elementos de jogabilidade remetem a games como “Prey”. A temática espacial, assim como algumas armas, como o lançador de espuma, são quase que uma homenagem não declarada ao game futurista da Bethesda, que se passa numa estação espacial.

Voz do povo

No entanto, as referências são explicáveis. Os produtores de “Hyenas” afirmam que ouviram os jogadores para entender o que eles queriam no game. “Acreditamos que a chave para o sucesso dos jogos de tiro modernos é entender o que os jogadores querem ver e para onde querem levar sua experiência. Sabemos que temos algo interessante em nossas mãos, mas também sabemos que as probabilidades estão contra nós. Para enfrentar os maiores jogos da indústria, precisamos ouvir o que os jogadores pensam, desde o início”, afirma o produtor executivo, David Nicholson. 

A Creative Assembly quer ir além e não apenas coletar o que o público gostaria de ver. Ela também quer participação no desenvolvimento do jogo. Tanto é que anunciou a abertura de cadastro para o primeiro teste alfa. “Se você estiver dentro, queremos levá-lo para este passeio. É por isso que, após o anúncio de hoje, também estamos lançando o primeiro de nossos testes alfa públicos”, convida.

O teste será para edição de PC e os interessados poderão se inscrever em playhyenas.com. “Hyenas” chegará ao mercado em 2023 e terá versões para PC, PS5, PS4, Xbox Series X/S e Xbox One.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por