Astronomia

Eclipse total da Lua poderá ser visto no final da noite deste domingo

João Paulo Martins
joao.oliveira@hojeemdia.com.br
Publicado em 15/05/2022 às 08:00.
Durante o eclipse total, a lua pode ganhar um tom vermelho-alaranjado (Freepik / Divulgação)

Durante o eclipse total, a lua pode ganhar um tom vermelho-alaranjado (Freepik / Divulgação)

Prepara-se para olhar o céu entre o final da noite deste domingo (15) e o início da manhã de segunda (16). Teremos um eclipse lunar total que será visível em grande parte do continente americano e em áreas remotas do leste da Europa e da África.

De acordo com o site americano Space, o eclipse parcial começará por volta das 23h28 (horário de Brasília) do domingo (15) e será finalizado à 1h11 de segunda (16). Durante o fenômeno, nosso satélite natural ganhará um tom avermelhado conhecido como Lua de Sangue.

Como explica o site americano, os eclipses lunares sempre acontecem durante as luas cheias, quando nosso satélite está no lado oposto da Terra em relação ao sol. Nessa fase, o sol ilumina toda a face da lua que é vista da perspectiva terrestre.

Existem três tipos de eclipses lunares: penumbral, parcial e total. Em um eclipse penumbral, a lua passa pela parte externa da sombra da Terra, que é bastante difusa, então há apenas um leve escurecimento da superfície lunar. Um eclipse parcial é quando parte da lua entra na sombra mais escura da Terra, ou a umbra, fazendo com que parte da lua escureça bastante.

Já no eclipse total, como se pode imaginar, a lua inteira entra na parte mais escura da sombra da Terra. Nesse fenômeno, o satélite natural geralmente ganha tom vermelho-sangue. Isso ocorre porque a luz do sol refrata ao redor da Terra como se o planeta fosse um prisma; as ondas de luz são esticadas e o espectro mais vermelho atinge a lua. A cor também é influenciada pela condição da atmosfera da Terra; a lua pode parecer mais laranja ou dourada, dependendo da quantidade de poeira, cobertura de nuvens ou cinzas vulcânicas em suspensão no ar, explica o Space.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por