telefonema

Presidente da China conversa com Putin e pede negociação de conflito com a Ucrânia

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
25/02/2022 às 13:21.
Atualizado em 25/02/2022 às 13:48
 (Foto: Ukrainian State Emergency Service/Divulgacao - Guerra na Ucrania)

(Foto: Ukrainian State Emergency Service/Divulgacao - Guerra na Ucrania)

Xi Jinping, presidente da China, ligou para o chefe do Executivo russo, Vladimir Putin, e pediu nesta sexta-feira (25) que ele negocie com a Ucrânia para conter as tensões que pairam sobre a região há mais de 24 horas. A informação foi confirmada pela China Central Television (CCTV), emissora estatal do país.

O presidente chinês afirmou que vai decidir o posicionamento do país com base "no mérito da questão", e reforçou que a posição da China foi de "sempre respeitar a soberania e integridade territorial de cada país". A CCTV disse ainda que Putin estaria disposto a negociar com a Ucrânia, e teria criticado os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) por não considerarem as preocupações de segurança do governo russo.

O governo da China, por sua vez, se recusou a chamar o ataque russo de "invasão", e criticou os norte-americanos por aumentarem a tensão no leste europeu ao fornecerem armas para a Ucrânia.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chuying, confirmou que o país não terá pressa para chegar a uma conclusão sobre o que está acontecendo na Ucrânia, e citou que o tema possui "antecedentes históricos muito complicados".

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por