Braços cruzados

Servidores do Banco Central estão em greve a partir de desta sexta; movimento pode impactar serviços

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
01/04/2022 às 10:15.
Atualizado em 01/04/2022 às 11:13
 (Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

(Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

Servidores do Banco Central estão em greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira (1º). O movimento foi aprovado durante assembleia realizada na última segunda-feira (28). Há possibilidade de impactos no Pix e outras atividades. 

A categoria, segundo o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central, defende a reestruturação da carreira com reajuste salarial.

A paralisação, ainda de acordo com a entidade, foi proposta após “meses de tentativas frustradas de estabelecer uma agenda negocial com o Executivo”. Até o momento, a categoria afirma que não há proposta oficial em relação ao reajuste e outros pontos solicitados. 

Por meio de nota, o Banco Central informou que reconhece o direito dos servidores e que confia na "histórica dedicação, qualidade e responsabilidade e de seu compromisso com a Instituição e com a sociedade". 

O comunicado diz, ainda, que o BC tem "planos de contingência para manter o funcionamento dos sistemas críticos para a população, os mercados e as operações das instituições reguladas, tais como STR, Pix, Selic, entre outros".

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por