Jairo Lopes, de 44 anos, foi condenado nesta quinta-feira (19) a 36 anos de prisão por estuprar e matar Rayane Aparecida Cândida, em Buenópolis, na região Central do Estado. O crime foi em 2016, quando a menina tinha 10 anos. 

O autor, que já estava preso no Presídio José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, cumprirá pena pelos crimes de estupro de vulnerável, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. 

Entenda o caso

Em junho de 2016 a menina saiu de casa, na localidade de Siriema, a 30 quilômetros da área urbana da cidade, para pegar um ônibus que a levaria à escola, em Salobro, também na zona rural. De acordo com o processo, ela foi rendida por Jairo, que armado de uma faca, estuprou e matou a menina numa mata. O corpo só foi encontrado após a prisão, quando o acusado indicou aos militares onde havia escondido. Ela tinha marcas de violência e o corpo estava sem o coração.

Leia mais:
Para delegado, intenção inicial de maníaco em Buenópolis era estuprar a garota
Seguem as buscas pelo suspeito de estuprar e matar uma criança em Buenópolis
Polícia intensifica buscas por suspeito de estuprar e matar menina de 10 anos em Buenópolis
Menina assassinada e estuprada em Buenópolis teve o coração arrancado