O Natal é uma data que traz diversas tradições, como o jantar especial, a figura do Papai Noel e a árvore cheia de enfeites, que têm inúmeros significados religiosos e simbólicos ao redor do mundo.

Neste ano, a pandemia obrigou milhões de pessoas a cancelarem planos ou a limitar os festejos, devido às restrições impostas na luta contra a propagação da Covid-19. Se, por um lado, a doença mudou a tradição, por outro, é motivo de inspiração. Em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, uma moradora enfeitou uma árvore de dama da noite, que fica no quintal de casa, com kits contendo máscara, álcool em gel e sabão.

Isso mesmo, as bolas coloridas, estrelas e objetos que lembram o nascimento de Jesus foram substituídos por ítens de combate à doença, que no Brasil já matou 190.032 pessoas e resgistra 7.424.430 infectados.

Árvore de Natal Covid

O kit tem máscara, álcool em gel e sabão

"Cada um trabalha com as ferramentas que tem. Eu não tinha nada, só o pisca-pisca, e, como estava confeccionando as máscaras para vender e doar, pensei que podia ser um bom enfeite", explicou Denise Dias Pio Gonçalves.

A árvore fica no quintal da casa dela, no bairro Córrego da Ilha, e já se tornou ponto de visitação. "O pessoal está amando. Cada um que chega pega um kit para levar e eu vou para a máquina de costura para repor".

Árvore de Natal Covid

Denise Gonçalves (de vermelho) resolveu fazer a árvore de Natal inspirada nos cuidados contra a Covid

A pandemia afetou a renda de oito em cada 10 trabalhadores no Brasil, Denise é vendedora e está desempregada. Casada, mãe de três filhos e com três netos, ela começou a fazer as máscaras para vender e até mesmo doar. "Eu também distribuo na rua, para quem não tem. Aqui no bairro, quando alguém esquece e precisa do equipamento obrigatório para entrar no comércio, corre aqui em casa para pegar".

Denise é um exemplo de cidadania e do que deve representar o verdadeiro espírito do Natal. Para ela, a preocupação com a gravidade da Covid-19 deve ser coletiva, uma vez que os hospitais estão lotados e por enquanto o que temos é apenas a prevenção. "É muito mais sério do que podemos imaginar. Temos que ter cuidado por nós e responsabilidade com os outros, enquanto a vacina não chegar".

Árvore de Natal Covid